31 outubro 2009

Halloween

video

A sequência inicial de “The Nightmare Before Christmas”…

Uma obra-prima de Tim Burton, que nos presenteia com um universo fantástico, gótico, encantador e divertido! Um regalo visual, recheado de deliciosas canções pela mão de Danny Elfman, num filme de animação genial e simplesmente maravilhoso e inesquecível!

27 outubro 2009

"Pas de deux" cinematográficos


• Tim Burton e Johnny Depp
• Quentin Tarantino e Uma Thurman
• Martin Scorcese e Robert de Niro
• Martin Scorcese e Leonardo di Caprio
• Woody Allen e Diane Keaton
• Woody Allen e Scarlet Johansson

Que acham?

Nota: são apenas algumas sugestões e não estão por ordem de preferência ou qualidade, digamos assim. Excepto "Tim Burton e Johnny Depp" que estão entre os meus realizadores e actores preferidos, respectivamente. Para mim, esta dupla já nos ofereceu filmes belíssimos, surpreendentes, mágicos, dos quais o grande exemplo é "Edward Scissorhands"! Por isso coloco-os em primeiro lugar! Entretanto, também prometo desenvolver este post mais tarde, justificando estas minhas sugestões, mas agora, por falta de tempo, não posso adiantar mais que esta enumeração...

26 outubro 2009

A maior flor do mundo

Convido-vos a assistir a esta encantadora e bonita curta-metragem de animação, inspirada no esplêndido livro infantil “A maior flor do mundo” de José Saramago!
E claro, o convite alarga-se à leitura do livro! Uma excelente história, definitivamente não só para as crianças!
video retirado de http://flocos.tv/curta/a-flor-mais-grande-do-mundo/

25 outubro 2009

Cidade de Deus


(inserido em mais uma excelente "Sessão dupla" transmitida pela RTP2)

Busca Pé: A cidade de Deus fica muito longe do cartão postal do Rio de Janeiro.

É verdade…Nem Deus, que lhe dá o nome, está presente na favela!
Cidade de Deus, o filme, conta a origem e evolução desta favela do Rio de Janeiro, desde os anos 60 até à década de 80. Sem moralismos nem condenações, como se de um documentário se tratasse, retrata a história da favela mais violenta do Rio, um antro de tráfico e crime do qual poucos escapavam, pelo olhar fotográfico de Busca Pé.
É um filme violento e difícil que nos choca constantemente! Mas também nos faz reflectir sobre esta perturbadora e cruel realidade que mancha o Brasil há já tanto tempo e que infelizmente continua a destruir tantas vidas (basta lembrarmo-nos das notícias da semana passada)!
Deviam existir mais filmes deste calibre! De uma forma crua e quase objectiva, mas também viva e muito intensa, ficámos a conhecer a história da Cidade de Deus, num filme belíssimo e poderoso!

20 outubro 2009

Los Abrazos Rotos


Um abraço de reconciliação, um abraço de apoio, um abraço de desgosto, um abraço de desejo, um abraço de felicidade, um abraço de carinho, um abraço de paixão…Como pode um simples gesto possuir significados tão distintos?
Em “Los Abrazos Rotos”, este único gesto é o motor do filme. Os abraços definem as personagens e a sua história. Muitos foram recíprocos e sentidos, outros foram forçados e um nunca se concretizou, mas todos se perderam e se desfizeram ao longo do tempo. E através deles descobrimos um filme belíssimo!
É um filme comovente e perturbante, dominado por uma trágica história de amor, que determina as acções das personagens por longos catorze anos.
É um filme povoado pelo universo feminino, em que as mulheres são os principais agentes da história, como já é hábito de Almodóvar!
É um filme de pormenores: as expressões de Lena ensaiadas ao espelho, sob a máscara das perucas; a mulher que lê lábios; o contraste entre os passos rudes e nervosos de Ernesto e o som decidido dos saltos altos vermelhos de Lena; a praia deserta e negra de Lanzarote onde Lena e Mateo se refugiam; o abraço apaixonado entre dois amantes que se esconde na fotografia.
Um filme difícil, diferente, magnífico e especial! Para ver e rever!

18 outubro 2009

You've got a very important date

video

Um clássico da literatura visto pelo fantástico Tim Burton...a sétima colaboração entre Burton e Depp, com Johnny Depp novamente num grande desafio...um trailer colorido, frenético, encantador...

Mal posso esperar!!!

15 outubro 2009

District 9

Wow! Foi este sentimento de arrebatação que experimentei quando os créditos finais surgiram!

District 9 tem uma premissa diferente dos habituais filmes de extraterrestres: desta vez os ET chegam à Terra não para conquistar a raça humana, mas como uma espécie de refugiados, doentes e impossibilitados de regressar ao seu planeta. Vinte anos depois, temos o District 9, um gueto militarizado que não é nada mais que um antro de crime, violência, tráfico, prostituição e miséria! Ficamos então a conhecer a MNU e o seu dedicado, entusiasta e confiante funcionário Wikus Van de Merwe e os seus planos de despejo do District 9. No entanto, durante esta operação, Wikus é infectado com um vírus de origem extraterrestre, com efeitos devastadores...E a partir desse momento, Wikus terá que confiar no mais improvável dos aliados...

District 9 desenvolve muito bem esta premissa, surpreendendo-nos a cada cena. O filme manteve um grau elevado de mistério e suspense, com sucessivas revelações de cortar a respiração!
Os efeitos especiais são um dos seus fortes: os Prawns parecem muito reais, com aquele aspecto de insectos gigantes e, ao início, muito assustador!
Gostei bastante da interpretação de Sharlto Copley (pelos vistos, um "novato" nestas andanças) porque conseguiu transmitir de forma bastante crua e sentida todo o desespero, incredibilidade, raiva e luta que a sua personagem atravessa!
Tenho que referir uma das cenas que me marcou: a conversa entre o Prawn pai e o seu filho, uma vez que lhes conferiu um tal grau de humanidade que me comoveu! Mais ainda considerando toda a maldade e ganância tão enraizadas na maioria dos humanos deste filme!
Por último, também acho que o filme tem um propósito de consciencialização! Quer pela inevitável memória do apartheid, ou, de uma perspectiva mais abrangente, pelo incitamento ao debate sobre a diferença!
Concluindo, gostei bastante do filme! Esperava um filme fantástico, pela premissa e, principalmente, pelo facto da produção estar a cargo de Peter "Lord of the Rings" Jackson, e ainda assim o filme ultrapassou as minhas expectativas!

P.S: Aos interessados, http://www.d-9.com Muito fixe!

video

14 outubro 2009

Os trunfos de "Inglorious Basterds"



  • A interpretação brilhante e carismática de Christoph Waltz que cria um coronel Hans Landa inesquecível: um personagem sádico, cruel e maquiavélico mas, simultaneamente, um eloquente poliglota de maneiras delicadas e sedutoras! No entanto, nunca nos deixa esquecer porque é apelidado de "Caçador de Judeus"!
  • As múltiplas línguas faladas no filme, de acordo com as nacionalidades das personagens, que lhe conferem um toque único, real e peculiar e nos aproximam mais da história e dos seus intervenientes!
  • Os diálogos inteligentes, irónicos, arrebatadores e intensos, que nos prendem ao ecrã e nos deixam em suspense!
  • Um Brad Pitt diferente e revitalizado; Mélanie Laurent, de uma beleza pura e, por último, infernal, ao som das suas gargalhadas rejubilantes, num papel trágico e cativante; uma Diane Kruger que me surpreendeu e todos os outros actores que tornaram este um filme pitoresco, delicioso e genial!
  • O perturbante 1º capítulo "Once upon a time in Nazi-occupied France"; o visceral 2º capítulo "Inglorious Basterds"; o jogo de cartas em "Operation Kino", uma máscara para o intenso e inteligente confronto verbal que se desenrola naquela mesa de taberna, numa incessante e provocadora busca das identidades dos participantes; o memorável confronto entre Raine e Landa e a flamejante vingança judia!
Outros momentos especiais: o italiano de Raine versus o italiano de Landa; a apresentação do sargento Hugo Stiglitz, com a voz-off e toda a sequência a emprestar um ar intemporal de acção e daquela mística dos gangsters à cena; o bater do bastão do "Urso Judeu" pelas paredes da caverna, a prolongar o suspense e agravar a tensão que antecede o seu acto; a música, tão apropriada a cada momento!
No final do filme, o tenente Aldo Raine exclama para um dos seus companheiros: "Acho que esta pode bem ser a minha obra-prima!". Um piscar de olho ao próprio filme, ao seu realizador?Talvez...Uma das melhores obras de Tarantino? Com toda a certeza!

Elenco inicial

Aproveito para dar as boas vindas a todos os cibernautas que visitam este espaço que acabo de lançar na blogoesfera.

Será um blog dedicado, principalmente, ao Cinema, essa grande arte! Mas como esta não é a minha única paixão, também poderei incluir temas relacionados com a literatura, a música, as séries televisivas e ainda pequenas crónicas e poemas da minha autoria!

Para já, que o Cinema esteja convosco!