02 fevereiro 2011

Baby, you're a lonely man




And it all ended like it began...

Someone desperate to make a connection...



Crítica em breve


2 comentários:

  1. Bruno, vale bem a pena! Gostei bem mais do que estava à espera e a abordagem surpreendeu-me de forma bem agradável!

    ResponderEliminar